carregando

Nesta segunda entra em vigor o eSocial para MPEs e MEIs

27 de junho de 2018

Micro, pequenas e médias empresas (PMEs), incluindo MEis, deverão aderir ao eSocial a partir de 1 de Julho. A plataforma do governo federal foi criada com objetivo de registrar e administrar de forma digital 15 obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias referentes aos funcionários das companhias. Na prática, o eSocial exigirá dos empresários o envio periódico de informações como admissões, alterações contratuais, afastamentos temporários e folha de pagamento, por exemplo. As PMEs passarão por cinco fases. A primeira, com início em julho, é o cadastro simples das informações da empresa. Na segunda, em setembro, as empresas são obrigadas a enviar informações de todos os funcionários e seus vínculos. Na terceira etapa, agendada para novembro, será obrigatório o envio das folhas de pagamento. A fase quatro tem iníocio em janeiro de 2019, e é reservada para a subistituição da Guia de Informações à Previdência Social (Gfip). Por fim, na fase cinco, também prevista para janeiro, deverão ser enviados nos dados de segurança e saúde do trabalhador.